Romanos – Os homens na condição de pecadores

rss

        Algumas objeções são respondidas por Paulo no capítulo três, quando ele comenta que ser judeu e circunciso é importante sim, porque Deus confiou os oráculos a eles. Agora, se algum destes judeus não crer, acaso é culpa de Deus? De maneira nenhuma porque “seja Deus verdadeiro e todo homem mentiroso”. Se minhas injustiças fazem destacar a justiça de Deus, acaso Ele é culpado e injusto se mandar sua ira? E o que se pode concluir, arremata Paulo: É que não há um justo sequer na terra, todos se extraviaram e andaram nos caminhos tortuosos dos enganos. E até mesmo o judeu entra nesse rol dos injustos, mesmo o que pratique toda lei, porque ninguém será tido por justo por obedecer a lei. A lei é somente para mostrar o pecado.        

        Bom, mas agora, sem lei mesmo se manifestou a justiça de Deus, já preconizada pelos profetas; justiça que é assegurada mediante a fé em Jesus Cristo, de todos sem distinção, porque todos pecaram e necessitam da glória de Deus. São justificados[1]gratuitamente pela fé na ressurreição de Jesus. Daí, que toda arrogância daqueles que se julgam merecedores de favores divinos, somente por nascimento, ou que se julgam superiores porque dizem cumprir a lei, está de toda destruída, porque a justificação não é pelas obras, e sim pela fé, tanto do judeu como do gentio. A fé não anula a lei, antes confirma a lei.

        O apóstolo continua analisando, no capítulo quatro, a justificação através da fé, a mesma que demonstrou Abraão que creu em Deus[2] e foi justificado, independente das obras. A mesma fé que demonstrava Davi, que entendeu ser bem aventurado o homem cujos pecados são perdoados. Abraão recebeu esta dádiva do Pai antes de ser circuncidado, para possibilitar essas bênçãos a todos. Depois, foi circuncidado como selo da fé, par vir a ser o Pai da Fé, e todos os que hoje andam nas pisadas da fé que teve Abraão, podem se considerar justificados, mediante a fé em Jesus. Por isso que tem de ser pela fé, pela graça, pois alcança todos. Abraão não enfraqueceu na fé, mesmo vendo seu corpo amortecido, já de cem anos e a idade avançada de Sara. Não duvidou apesar das evidências, pois estava completamente convicto que o Deus que lhe prometera a descendência era fiel para cumprir, e isto lhe foi imputado por justiça. Não foi somente imputada justiça sobre Abraão, mas a todo aquele que crer que Cristo foi ressuscitado por Deus, após ter padecido e morrido por todos.


[1] Ou declarado justo por Deus.

[2] Gn 15.6

Interagir Imprimir Digg it Del.i.cio.us Twitter comentários
Versículo do dia  | Todo dia teremos versículo para você.
João
8:12

“Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.”

Receba versículos da Biblia em seu email, eles irão edificar e abençoar seu dia.
Digite seu e-mail no campo abaixo:
Artigos Veja mais artigos
novo Conhecendo as “sete inteligências” da teoria de Howard Gardner e pondo em prática na Igreja Se você leu o texto “As inteligências múltiplas e os seus dons”, que discorria sobre as inteligências múltiplas de Howard Gardner e...

 

Comunidade | Siga nas redes sociais

Copyright 2010-2018 - Futtura