- Religião Web - https://www.religiaoweb.com.br -

Lendo Marcos 5.1-14 – O endemoninhado geraseno

Por trás da mensagem espiritual, do milagre e do poder de Jesus sobre as trevas malignas, está uma mensagem social, igualmente libertadora. Sim, meus caros, o texto tem uma provocação política e social para que os cristãos se mobilizem contra a opressão de um império mortal (sepulcro), como era o império romano. Gadara foi dominada pelo império romano pela força de seu exército (legião), mantendo todos presos e em algemas (opressão). Portanto, o texto faz ironia desse poder romano, sendo que algumas pistas são indicadas pelo próprio texto.

O endemoninhado geraseno

1. Os demônios pedem para que não sejam expulsos “daquele lugar” (ou para fora do país), do território e não do moço. Isso indica que eles dominam o espaço, que conquistaram pela força, de tal modo que ninguém consegue lhes resistir ou subjugá-lo.

2. Os demônios são chamados de legião, como os soldados romanos, representando seu poder militar. Tem pouco a ver com quantidade e muito a ver com autoridade.

3. A legião é “transferida” para porcos.  Sabemos que porcos são animais imundos pelo ritual de pureza judaico, ironizando a condição imunda do poder militar romano.

4. Os porcos são “atirados” no abismo, no mar. A palavra grega aqui é a mesma usada para soldados que se atiram para a batalha e não em um abismo. Logo, abismo e mar podem simbolizar a volta à multidão de perdidos a qual pertence. Aliás, a não ser que os porcos voassem, não teria como eles chegarem ao mar, uma vez que o mais próximo estava a quilômetros de distância.