- Religião Web - https://www.religiaoweb.com.br -

Introdução aos Livros proféticos

     Umas das grandes divisões dos livros da Bíblia são aquela que contém os escritos proféticos[1] [1]. Biblicamente, profeta é alguém a quem Deus escolhe e envia como seu porta-voz, aquele que entrega os oráculos de Deus a uma pessoa ou grupo. Não são adivinhos, agoureiros ou qualquer outro nome pejorativo que se queira rotular estes homens. São mensageiros de Deus com a missão de entregar suas palavras nos momentos mais cruciais de Israel.

     As mensagens também podem ser entendidas ou aplicadas num contexto futuro, mas originalmente não era esta a intenção e, transportar uma mensagem para um futuro, necessita uma compreensão exata dos fenômenos ocorridos quando do anúncio da profecia.

     Habitualmente, os profetas se valem de fórmulas para iniciar suas predições como “assim diz o Senhor” ou “palavra do Senhor que veio a…”. Não existe um padrão na forma como a mensagem foi entregue, e o uso de artefatos comuns, como um vaso; ou visões, hinos, salmos, orações, simbologia e comparações com animais são comuns na maneira como essa mensagem foi anunciada.

     Pregaram nos tristes anos da história de Israel, sempre mostrando a vontade do “Deus de amor”, mas também a do “Deus da justiça”.

O SENHOR advertiu a Israel e a Judá por intermédio de todos os profetas e de todos os videntes, dizendo: Voltai-vos dos vossos maus caminhos e guarde os meus mandamentos e os meus estatutos, segundo toda a Lei que prescrevi a vossos pais e que vos enviei por intermédio dos meus servos, os profetas. 2 Rs 17.13

Deus nunca deixou de enviar um profeta a Israel com a missão de repreender o povo pelo seu mau caminho; a corrigir o povo das adorações dos ídolos, do constante culto a Baal mesmo sabendo que ele não é Deus; quando mataram seus filhos em adoração a Moloque e tantos outros.

      O Senhor queria que fossem um povo Dele, especial e com boas obras. Sempre disposto a perdoar, mas que não pode compactuar com o pecado, o engano, o erro justamente porque Ele é justiça; era esse o desejo do Senhor, mas nunca o ouviram.


[1] [2] Hebraico – NEBIIM