Daniel

rss

     O livro de Daniel, apesar de ser considerado livro profético, é elaborado numa  linguagem conhecida como apocalíptica, com mensagens repletas de símbolos e avisos no formato de visões, como as de um vidente. Fala do que acontecerá nos dias e momentos vividos pelo profeta, mas deixa espaço para as previsões que acontecerão no futuro, no fim dos tempos.  A narrativa começa com a vitória de Nabucodonosor, no terceiro ano do reinado de Jeoaquim, rei de Judá; contra Jerusalém. A cidade foi sitiada e o povo levado cativo. Somente a porção nobre e seleta do povo foi levada.

     Depois destas coisas, Aspenaz, chefe dos eunucos, apresentou perante o rei, alguns dos filhos de Israel. Vieram os jovens sem nenhum defeito, de boa aparência, instruídos em toda sabedoria, doutos em ciências, versados no conhecimento e que seriam instruídos em toda ciência dos Caldeus, assim como sua cultura e língua.

     O Rei colocou a disposição destes jovens toda sorte de iguarias, comidas finas da ração diária do rei, do vinho que ele bebia e que fossem mantidos assim, por três anos, findados quais o Rei os chamaria para assisti-lo. Entre eles, estavam Daniel, Hananias, Misael e Azarias. O chefe dos eunucos, porém, lhes trocou os nomes. A Daniel colocou o nome de Beltessazar;  a Hananias o de Sadraque; a Misael o de Mesaque e a Azarias, Abede-Nego.

     Daniel pede ao eunuco lhe conceda não contaminar-se com os manjares do Rei, o que ele permite, pois Daniel alcançara misericórdia e compreensão da parte do eunuco. Disse o chefe dos eunucos a Daniel: Tenho medo do meu senhor, o rei, que determinou a vossa comida e a vossa bebida; por que, pois, veria ele o vosso rosto mais abatido do que o dos outros jovens da vossa idade? Assim, poríeis em perigo a minha cabeça para com o rei. Dn 1.10

     Daniel convence-o a autorizar, por dez dias, o consumo do cardápio e comparar as fisionomias, Experimenta, peço-te, os teus servos dez dias; e que se nos dêem legumes a comer e água a beber. Dn 1.12

No fim dos dez dias, a sua aparência era melhor; estavam eles mais robustos do que todos os jovens que comiam das finas iguarias do rei. Dn 1.15

     Destes jovens, a Daniel Deus dá inteligência e conhecimento, além do discernimento de todas as visões e sonhos[1]. Findo os três anos, os jovens apresentam-se a Nabucodonosor e não há, dentre eles, tão sábios como Daniel, Hananias, Misael e Azarias, habilitando-os a assistirem diante do Rei.


[1] Era dada muita importância à interpretação dos sonhos no antigo oriente, porque era considerado um meio para comunicar-se com as divindades. A intenção da Bíblia não é fomentar adivinhos através de sonhos, mas demonstrar como Deus usa de qualquer meio que Ele quiser para manifestar seu poder e mover os desígnios daqueles que Ele quer.

Interagir Imprimir Digg it Del.i.cio.us Twitter comentários
Versículo do dia  | Todo dia teremos versículo para você.
Efésios
5:30

“E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.”

Receba versículos da Biblia em seu email, eles irão edificar e abençoar seu dia.
Digite seu e-mail no campo abaixo:
Artigos Veja mais artigos
novo Conhecendo as “sete inteligências” da teoria de Howard Gardner e pondo em prática na Igreja Se você leu o texto “As inteligências múltiplas e os seus dons”, que discorria sobre as inteligências múltiplas de Howard Gardner e...

 

Comunidade | Siga nas redes sociais

Copyright 2010-2019 - Futtura