- Religião Web - https://www.religiaoweb.com.br -

Daniel – O sonho sobre os quatros animais

    Daniel tem um sonho e, a partir do capítulo 7 de seu livro, não mais são relatados episódios de sua vida. Agora, estas serão visões apocalípticas, cheias de símbolos, própria deste tipo de literatura.

     No sonho, os quatro ventos do céu agitavam o mar grande, quatro animais diferentes subiam do mar. O primeiro era como leão e tinha asas de águia que lhe foram arrancadas, e foi posto em pé, e lhe foi dada mente de homem. O segundo era como urso, e tinha na boca três costelas e lhe diziam para devorar muita carne. O terceiro era semelhante a leopardo, com quatro asas e quatro cabeças. O quarto animal era terrível e forte, com dentes de ferro, ele devorava e pisava em todos e tinha 10 chifres (Dn 7.1-14).

     O próprio Daniel declara que ficou com o espírito alarmado dentro de si e que estas visões perturbaram sua cabeça. Era-lhe impossível interpretar os sonhos e um anjo, que estava também na visão, lhe revela o significado: Os quatro animais são quatro reinos que se levantarão na terra.

     A literatura apocalíptica é cheia de simbologia[1] [1] numérica e os quatro animais podem representar a totalidade dos impérios que se levantarão com o intuito de dominar a terra.

        As visões sucedem-se,  agora com a visão sobre um carneiro e um bode, no capítulo oito e entende no final, e depois de tanto se esforçar por saber do que se tratava, que é uma visão pra dias ainda muito distantes,

A visão da tarde e da manhã, que foi dita, é verdadeira; tu, porém, preserva a visão, porque se refere a dias ainda mui distantes Dn 8.26

     Daniel, após estas visões, enfraquece-se e ficou enfermo alguns dias.


[1] [2] Mais um pouco do estilo apocalíptico, em Dn 7. 9-10: Continuei olhando, até que foram postos uns tronos, e o Ancião de Dias se assentou; sua veste era branca como a neve, e os cabelos da cabeça, como a pura lã; o seu trono eram chamas de fogo, e suas rodas eram fogo ardente. Um rio de fogo manava e saía de diante dele; milhares de milhares o serviam, e miríades de miríades estavam diante dele; assentou-se o tribunal, e se abriram os livros.