As inteligências múltiplas e os seus dons

rss

Muitos cristãos acreditam ingenuamente que apenas os dons são habilidades que servem para o crescimento e o desenvolvimento do Corpo de Cristo, isto é, a Igreja. Na verdade, talentos e paixões também são. Isso significa que existe um componente sobrenatural e um componente natural no exercício do ministério dentro do universo cristão. Há uma contribuição humana e uma contribuição divina para a vocação cristã. O caminho não é de mão única, senão de mão dupla.

Ora, se assim é, não devemos ver nossas habilidades humanas como obstáculos para o serviço cristão. Elas são bem vindas e servem a propósitos diversos, tanto quanto os dons que são distribuídos pelo Espírito Santo. Se o cristão acredita que a natureza humana é criação divina, deve então também acreditar que o que temos são apenas redirecionados.

Isso significa que temos dons “escondidos”, que só precisam de um empurrãozinho para se manifestarem. Aquilo que está dentro de nós, e que pode ser desenvolvido, também pode ser posto na dimensão da crença e da fé. Logo, dons, além de serem capacidades humanas, seriam também capacidades doadas por Deus. Paradoxal, mas verdadeiro. Por um lado, o homem já tem ou desenvolve as qualidades para servir, por outro lado, Deus vocaciona essas capacidades e as reveste de condições sobrenaturais: por isso dizemos que dons são de origem divina.

Cérebro e Inteligência

Pelos atuais estudos sobre as capacidades humanas, principalmente no campo da psicologia e das neurociências, já se sabe que existe uma vasta dimensão ainda não explorada sobre as denominadas inteligências múltiplas. Aliás, foi o norte-americano Howard Gardner, psicólogo e professor de pós-graduação da Universidade de Harvard, professor adjunto de Neurologia na Boston University School of  Melinine (Escola de Melinine da Universidade de Boston) que criou a teoria das inteligências múltiplas.

Howard Gardner concluiu a teoria das múltiplas inteligências no ano de 1983, em Cambridge, Massachusetts, EUA. Sua intenção era explorar as potencialidades humanas a partir de instrumentos de mensuração mais sofisticados do que os testes psicológicos de Q.I. (Quociente de Inteligência). Em seu trabalho, Gardner procurou analisar as competências, habilidades, capacidades e potencialidades exigidas por atividades humanas ao longo da história como aquelas encontradas em caçadores, pescadores, fazendeiros, líderes religiosos, psiquiatras, líderes militares, líderes civis, atletas, artistas, músicos, poetas, pais e cientistas.

Algo que chama muita atenção na obra de Gardner é a semelhança que a teoria das inteligências múltiplas possui com a concepção de dons e ministérios, colocando em xeque as velhas fórmulas sobre o serviço na Igreja. A teoria das inteligências múltiplas permite uma reavaliação no modo como percebemos a nossa inteligência que se dirige apenas à capacidade cognitiva, motivando e fomentando outras capacidades, como as emocionais, as musicais, as artísticas, as científicas, as espaciais etc.

Com o movimento das muitas inteligências em conjunto com os outros dons, devemos repensar o modo como percebemos o nosso papel no corpo de Cristo. Em vez de fazer qualquer coisa, de cumprir regras e “bater o cartão de ponto”, ou substituir atividades tapando buracos, talvez possamos entender melhor que a igreja não precisa de serviçais, mas de servos; não precisa de tarefeiros, mas de pessoas inspiradas; não precisa apenas de evangelistas, missionários e pastores, mas de todo tipo de capacidade que se preste ao Reino de Deus.

Interagir Imprimir Digg it Del.i.cio.us Twitter comentários
Versículo do dia  | Todo dia teremos versículo para você.
Salmos
29:11

“O Senhor dá força ao seu povo; o Senhor abençoa com paz ao seu povo.”

Receba versículos da Biblia em seu email, eles irão edificar e abençoar seu dia.
Digite seu e-mail no campo abaixo:
Artigos Veja mais artigos
novo Conhecendo as “sete inteligências” da teoria de Howard Gardner e pondo em prática na Igreja Se você leu o texto “As inteligências múltiplas e os seus dons”, que discorria sobre as inteligências múltiplas de Howard Gardner e...

 

Comunidade | Siga nas redes sociais

Copyright 2010-2017 - Futtura