O que a Bíblia diz sobre Vingança?

rss

“Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira; porque está escrito: A mim me pertence a vingança; eu é que retribuirei, diz o Senhor.” Romanos 12:19 

Através do texto de referência desse artigo, podemos ver que Deus não é a favor dos que fazem justiça com as próprias mãos, é uma exortação para que o cristão espere com paciência, pois Dele é a vingança e Ele sabe agir no momento certo, pois É o único que tem como atributos a onipotência, onisciência e onipresença.

A recomendação que temos é: “Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.” (Gálatas 5:14) Esse é um mandamento que replica qualquer indagação, pois amar quem me ama é fácil, o desafio é amar a todos, mesmo sabendo que porventura alguém queira o meu mal.

A raiz da vingança é o próprio pecado, quando o cristão dá vazão a esse sentimento, é porque o ‘velho homem’ não morreu completamente, ou seja, ainda continua praticando os mesmos atos que outrora fazia antes de confiar a vida em Deus.

No livro de Provérbio, capítulo 20 e versículo 22, consta: “Não digas: vingar-me-ei do mal, espera pelo Senhor e ele te livrará.” Mais uma vez Deus pede para que o indivíduo não se vingue e nem retribua o mal com o mal, mas pelo contrário, pede para que apenas descanse e aguarde a recompensa do ímpio.

Portanto de nada adiantará o homem querer fazer justiça com as próprias mãos, pois como foi mencionado nas referências que aqui foram citados, a vingança pertence somente a Deus, Ele será íntegro na hora de julgar as causas cometidas por cada um.

Por Bruna Trindade Pires
Interagir Imprimir Digg it Del.i.cio.us Twitter comentários

Copyright 2010-2014 - Futtura